1
Cursos de Bonsai
Curso Transformação e Aramamento

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=58&rewrite=curso-transformacao-e-aramamento&category_parent=42

75,00 €
Cursos de Bonsai
Voucher Curso Transformação e Aramamento

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=66&rewrite=voucher-oferta&category_parent=6

75,00 €
3
Cursos de Bonsai
Voucher Curso Tecnicas de Manutenção de Bonsai

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=66&rewrite=voucher-oferta&category_parent=6

75,00 €
Cursos de Bonsai
Tecnicas de manutenção de Bonsai

https://www.luso-bonsai.com/post-publicacoes?id_cs_blog_post=28&rewrite=curso-tecnicas-de-manutencao-de-bonsai&category_parent=6

75,00 €
Mais

Promoções Semanais

Últimas publicações

Comentários recentes

Não existem comentários

Ficha Cultivo - Juniperus

Ficha Cultivo - Juniperus

Nome Comum - Juniperus

Nome Científico - Juniperus Chinensis

Caracterização: Oriundo da China e do Japão, pertence à família das Cupressáceaes.

embora praticamente todas as espécies possam ser transformadas em Bonsai, a maioria não consegue "compactar" após podas de formação, as melhores para Bonsai são as variedades Japonesas,  "Juniperus Sargentii" muito apreciado pelo seu verde luxuriante, e o "Juniperus "Itoigawa" pela dureza da sua madeira para fazer madeira morta (Jin e Shari).

Muito apreciado também é Juniperus Sabina, muito usual na Península Ibérica.

Com cuidados de manutenção similares, e também muito admirado é o Juniperus Rigida, cujas folhas são agulhas invés de "escamas", a dureza da sua madeira dá excelentes trabalhos de madeira morta, e as agulhas compactam facilmente respondendo bem a poda severas, tem como contrapartida "picar" muito os dedos quando o trabalhamos. 

Localização: No exterior, onde apanhe 3 a 4 horas de sol direto por dia (ideal de manhã ou no final da tarde), protegida de ventos fortes e geadas. É muito resistente tanto ao frio como ao calor.

Rega: Regar abundantemente a terra até sair bastante água pelos furos de drenagem, a fim de humedecer uniformemente o solo, sempre por cima nunca por imersão, com um regador de ralos finos (existem específicos para Bonsai).

Deixar secar ligeiramente a camada superficial do solo entre cada rega (para confirmar se a planta já necessita de água, tocar na terra com os dedos).

Se tiver um prato debaixo do Bonsai, nunca deixe água nenhuma no mesmo (para evitar que as raízes apodreçam).

 Tem elevado consumo de água, principalmente no verão e gosta de ser borrifado nas folhas no acto da rega, o que vai prevenir o aparecimento de Aranhiço Vermelho, mas deve estar seco à noite para evitar fungos

Nutrição: De Fevereiro a Outubro/Novembro, idealmente "Biogold" e "Bio bonsai" o uso regular de "Rhiza Bonsai", é-lhe extremamente benéfico.

Poda: As suas folhas são escamas, e devem ser podadas de manutenção beliscando-as com os dedos, se usarmos tesoura as zonas de corte ficam secas. As podas de formação, quando necessitamos retirar partes que com os dedos não se beliscam (fica como que um fio ao tentarmos beliscar) devemos usar tesouras e alicantes tentando cortar sempre substituindo por um novo brote de escamas. A poda de Manutenção faz-se o ano inteiro as podas de formação normalmente no pós Inverno ou no pós verão, de forma a que ainda exista crescimento Outonal que compacte a planta.

A maioria das variedades têm tendência a não compactar após podas de formação, isto deve-se ao mecanismo natural de defesa da planta que quando muito podada durante uns tempos não dá escamas e passa a dar agulhas (na natureza este mecanismo faz com que plantas ou zonas da planta muito "pastadas" ficam temporariamente protegidas pois os animais picam-se).

Este processo de defesa, inviabiliza o bom resultado estético de muitas variedades pois nunca as conseguimos ter com escamasbonitas junto aos ramos, só quando as deixamos "afastar" da copa, elas deixam de dar agulhas, e voltam a ter escamas, mas aí o "desenho" do Bonsai  já se perdeu, daí o ser tão importante a seleção da variedade correta, e os japoneses elegerem as duas atrás referidas, ainda que disponham de centenas de outras variedades.

Transplante: Com "Terra Bonsai-Coniferas" e "Rhiza Bonsai" em Fevereiro/Março , quando inicia brotação.

Para exemplares em vasos de reduzidas dimensões ou cultivados em zonas muito quentes, uma solução para manter a hidratação do solo dado o elevado consumo de água nos meses de verão é  fazer uma mistura com 50% "Terra Bonsai-Coniferas"  mais 50% de "Terra Bonsai-Folhosas" ou de "Akadama"


Aramamento:
Idealmente do final do Inverno ao início da Primavera, mas pode ser todo o ano. Normalmente aproveitamos para juntamente fazer uma poda de limpeza.

0 Comentário
Essential SSL