1
Cursos de Bonsai
Curso Técnicas de Manutenção de Bonsai

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=28&rewrite=curso-tecnicas-de-manutencao-de-bonsai&category_parent=42

60,00 €
Cursos de Bonsai
Curso Transformação e Aramamento

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=58&rewrite=curso-transformacao-e-aramamento&category_parent=42

60,00 €
Mais

Promoções Semanais

Últimas publicações

Comentários recentes

Não existem comentários

Ficha de Cultivo - Ficus "Ginseng"

Ficha de Cultivo - Ficus "Ginseng"

Nome Comum - Ficus Ginseng


Nome Científico - Ficus Microcarpa "ginseng" (quando apresenta as raízes ou só microcarpa no exemplares só enxertados sem raízes "grossas")


Caracterização: Pertence à família das Moráceas e é produzida/enxertada na China.


Os Ficus "ginseng" tratam-se de "ficus Microcarpa" que são enxertados sobre uma variedade de Ficus que "engrossa" rapidamente as raízes mas produz folhas maiores e menos bonitas que as do ficus microcarpa, daí o facto de os gomos que brotam das "raízes" terem folhas maiores que os da zona enxertada, e devem ser arrancados pois competem com os da enxertia.


O nome "ginseng" nada tem que ver com a planta "Panax Ginseng" (que tem propriedades medicinais), mas deve-se ao facto de Ginseng em Chinês (vem de "Renshen") se traduzir como "Raiz do Homem", e é em alusão às fortes raízes destas plantas.

Não se trata originalmente de um Bonsai mas sim de uma planta Ornamental de interior, podendo ser cultivado como um Bonsai, ou mesmo "transformado" num, mudando-o para vaso de Bonsai e podem-se aplicar todas as técnicas de Bonsai como o aramamento etc.

Localização: No interior junto a uma janela onde apanhe 2 a 3 horas de sol direto por dia, sem cortinas nem persianas a cortarem a luz, rodando 180 º semanalmente, pode passar os meses quentes na rua mantendo as 2 a 3 horas de sol direto.


Rega: 
Regar abundantemente a terra até sair bastante água pelos furos de drenagem, a fim de humedecer de forma uniforme o solo, sempre por cima nunca por imersão, com um regador de ralos finos (existem específicos para Bonsai).

Deixar secar ligeiramente a camada superficial do solo entre cada rega (para confirmar se a planta já necessita de água, tocar na terra com os dedos).

Se tiver um prato debaixo ou o cultivar num cachepot sem furo de drenagem, nunca deixe água nenhuma no mesmo (para evitar que as raízes apodreçam).

Não há vantagem em borrifar as folhas, só o faça nos dias em que adube e se o adubo for para aplicação foliar, mas garanta que as mesmas chegam secas à noite para evitar fungos.

Nutrição: De Fevereiro a Novembro com "Fertil Bonsai"  e "Bio Bonsai" todo o ano, sendo de reforçar com "Micro Bonsai" e por vezes ainda com "Ferro Bonsai" também de Fevereiro a Novembro, visto ser uma planta com um consumo elevado de micronutrientes.

Poda: Dada a grande dimensão da sua folha, deve ser sempre controlada por "Metsumi" ao início da brotação. A poda de formação é usualmente feita após a defoliação em Junho/Julho, altura que aproveitamos para aramar e transplantar se os cultivarmos como Bonsai. Quando cortada liberta látex, o qual se "estanca" bem, borrifando a planta com água.

Transplante: Com "Terra Bonsai-Folhosas" e "Rhiza Bonsai" em Maio/Junho( limite meados de Julho), após a defoliação (defolia-se, poda-se, arama-se e transplanta-se, tudo seguido).

Aramamento: Se os cultivarmos como Bonsai e decidirmos aramar o ideal é nos meses quentes (caso se defolie logo de seguida), fim de Maio ou Junho/Julho é o ideal.

0 Comentário
Essential SSL