1
Cursos de Bonsai
Curso Transformação e Aramamento

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=58&rewrite=curso-transformacao-e-aramamento&category_parent=42

75,00 €
Cursos de Bonsai
Voucher Curso Transformação e Aramamento

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=66&rewrite=voucher-oferta&category_parent=6

75,00 €
3
Cursos de Bonsai
Voucher Curso Tecnicas de Manutenção de Bonsai

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=66&rewrite=voucher-oferta&category_parent=6

75,00 €
Cursos de Bonsai
Tecnicas de manutenção de Bonsai

https://www.luso-bonsai.com/post-publicacoes?id_cs_blog_post=28&rewrite=curso-tecnicas-de-manutencao-de-bonsai&category_parent=6

75,00 €
Mais

Promoções Semanais

Últimas publicações

Comentários recentes

Não existem comentários

Ficha Técnica - Poda e Defoliação

Ficha Técnica - Poda e Defoliação

A poda em Bonsai desempenha um papel fundamental para a manutenção estética da planta, à imagem das restantes técnicas utilizadas em Bonsai ela reveste-se de métodos específicos da arte.


Através da poda (entre outras técnicas mais) modelamos e mantemos a forma da árvore conferindo o aspecto que “queremos”, obtemos ainda a diminuição da dimensão das folhas e dos entrenós (espaço entre folhas), estimula a densidade da planta (aumenta o nº de folhas) e redistribuímos a energia no Bonsai.


O princípio aplicado na poda de Bonsai é muito semelhante ao aplicado na poda de sebes, cortando os gomos apicais (dominantes) a sua energia estimula gomos axilares, os quais produzem folhas de dimensões mais reduzidas e com entrenós mais pequenos, desta forma conseguimos a subdivisão das pernadas o que aumenta a densidade da planta. 


Em Bonsai existem diferentes tipos de podas, consoante os objectivos desejados e a espécie a aplicar:


Poda Radicular - Efectua-se durante o transplante, incide sobre as raízes mais grossas (sustentação) com o intuito de estimular as mais finas (captação).

Nesta poda devemos utilizar uma tesouras de poda grossa ou alicates de poda raízes, estes têm um ângulo de corte recto (não fica uma concavidade como nos alicates de podar ramos), este tipo de corte estimula emissão de raízes novas na zona de corte.


Poda de Transformação – Poda forte que visa a criação de um Bonsai, ou reformulação estética de uma árvore alterando-lhe a sua forma. Esta poda consiste em cortar ramos grossos da planta e pode ser realizada com o auxilio de alicates e serras próprias para Bonsai.

Após a remoção da pernada devemos aprofundar o corte com um alicate de corte côncavo que facilitará a cicatrização, nos cortes com calibres superiores a 5 mm devemos aplicar cicatrizantes para estimular a cicatrização e proteger contra fungos e insectos.





Poda de Manutenção – Este tipo de poda incide sobre os crescimento novos da planta, visa a manutenção da forma da planta, a diminuição das suas folhas e do espaço dos entrenós e, por fim, o controle das pernadas energéticamente dominantes “fortalecendo” as mais fracas.

Realiza-se com tesouras e em alguns casos com as mãos.




Eliminação dos apicais (Metsumi em japonês) 
– Esta técnica consiste na remoção somente do gomo apical da planta, logo na fase inicial de crescimento da pernada (após emissão de 1 ou 2 pares). Desta forma conseguimos manter a forma de um Bonsai por mais tempo e conseguir folhas de dimensões reduzidas.

É especifica para Bonsai esteticamente muito finalizados aos quais nos interessa manter a forma estável o máximo de tempo possível e, em espécies de folha grande que apresentam um crescimento foliar dominante na brotação Primaveril (ex: ficus, macieiras, Acer, Faias, etc...)





Poda de Escamiformes – Plantas cujas folhas são parecidas com escamas (ex.:juniperus, criptomérias, chamaeciparis, etc.). Estas plantas são podadas com as pontas dos dedos como que beliscando-as.

Utiliza-se este processo pois se forem podadas com tesouras a zona de corte ficará amarela e seca.





Poda de pinheiros –
 Os pinheiros são podados na altura em que começam a emitir as “velas” (zona de crescimento dos novos gomos) mas antes destas pararem o seu crescimento e se começarem a alongar as agulhas. Ao realizar a poda (com as pontas dos dedos) nesta fase do crescimento estimularemos a emissão de vários novos gomos subdividindo desta forma a pernada e aumentando a densidade da planta.





Defoliação – Ainda que não seja propriamente uma poda poderemos agrupá-la neste artigo e aplica-se a plantas de folhas grandes reduzindo a dimensão da folha e melhorar a coloração outonal (ex. Acer).

Consiste na eliminação total das folhas deixando os pecíolos das mesmas. Aplica-se numa fase de crescimento da planta em que a folha já tenha maturado e os gomos folheares do ano seguinte se tenham formado, em Portugal é em volta do mês de julho.



Muitas vezes aproveitamos esta altura para aramar a planta visto ser mais fácil realizar esta tarefa.


A defoliação quando aplicada parcialmente (removendo as folhas das pernadas mais fortes e deixando nas mais fracas) serve para equilibrar a energia da planta e fortalecer as zonas débeis da planta.

Após a defolição deve expor o Bonsai ao sol, controlar a rega pois a planta reduz o consumo de água e não adubar até iniciar a brotação .

Deve aplicar semalmente Bio Bonsai.

0 Comentário
Essential SSL