1
Cursos de Bonsai
Curso Técnicas de Manutenção de Bonsai

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=28&rewrite=curso-tecnicas-de-manutencao-de-bonsai&category_parent=42

60,00 €
Cursos de Bonsai
Curso Transformação e Aramamento

/post-publicacoes?id_cs_blog_post=58&rewrite=curso-transformacao-e-aramamento&category_parent=42

60,00 €
Mais

Promoções Semanais

Últimas publicações

Comentários recentes

Não existem comentários

Ficha Cultivo - Ulmeiro Chinês

Ficha Cultivo - Ulmeiro Chinês

Nome Comum- Ulmeiro Chinês (também Zelcova Chinesa)

Nome Científico - Ulmus Parvifolia

Caracterização: Originária da China, Coreia e do Japão, pertence à família das Ulmáceas.

Também conhecida como Zelcova Chinesa, é uma árvore de folha pequena, semi-caduca ou caduca, muito apreciada em Bonsai pela sua fina ramificação, casca (cria "escamas" com a idade) e fácil modelação.

Localização: Idealmente gosta de viver no exterior (onde se pode comportar como uma árvore de folha caduca, em invernos mais rigorosos), sendo que, se cultivada num interior bem exposto à luz e ao sol sem climatização, vive em boas condições em ambas as localizações, essencial apanhar 2 a 3 horas de sol direto por dia, e se no interior estar sempre junto a uma janela sem cortinas nem persianas.

Rega: O consumo de água depende muito do estado vegetativo em que se encontra, tendo elevados consumos quando apresenta folha nova, os quais se tornam mais moderados com o "amadurecer" da folha.

Regar abundantemente a terra até sair bastante água pelos furos de drenagem a fim de humedecer uniformemente o solo, sempre por cima (nunca por imersão), com um regador de ralos muito finos (existem específico para Bonsai).

Deixar secar a camada superficial do solo entre cada rega (para confirmar se a planta já necessita de água, tocar na terra com os dedos).

Se tiver um prato debaixo do Bonsai, nunca deixe água nenhuma no mesmo (para evitar que as raízes apodreçam).

Não há vantagem em borrifar as folhas, só o faça em dias que adube e se o adubo for especifico para aplicação foliar, mas garanta que as mesmas chegam secas à noite para evitar fungos.

Nutrição: Com "FertilBonsai" de Fevereiro a Outubro/Novembro, e com "BioBonsai" o ano inteiro quando no Interior ou de Fevereiro a Novembro se no exterior. Gosta de planos de nutrição "completos" e agradece um reforço com "MicroBonsai" (também de Fevereiro a Outubro/Novembro).

Poda: Responde bem a podas drásticas, sendo estas feitas no final do Inverno antes da brotação, ou no Verão em seguida a uma defoliação. A poda de manutenção deve ser feita à medida que aparecem novas folhas, deixando crescer 5 a 6 folhas e cortando depois pela primeira ou segunda.

Transplante: Com "TerraBonsai-Folhosas" e "RhizaBonsai" em final de Janeiro após as geadas, antes de iniciar brotação sempre com uma poda forte, ou no Verão com defoliação total.

Aramamento: Pode ser aramada todo o ano, normalmente com poda forte ou defoliação.

0 Comentário
Essential SSL